26/07/2015

A Sala de Ruth - Ana Hatherly


ANA HATHERLY (1929)
Sem Titulo
Esferográficas sobre papel
24 cm x 17 cm


Ana Hatherly (1929) tece cartas de amor com finos fios de tinta. Amor indizível. Enlevos têxteis não descritíveis. Talvez a peça mais abstrata de todas da virtual coleção de Ruth. Murmúrios constantes, permanentes, obsessivos. A duas vozes. Um diálogo entre teia e urdidura que constrói a tecedura. O mundo. E a comunicação do mundo. A Web também. (Dora Iva Rita, 2015)


No comments: