28/10/2011

Palavra-chave (8)

ANABELA MOTA



(in) visibilidades do Tempo

O encontro intermitente e subtil entre sucessivas aragens e a superfície da água move a nossa visão das árvores para os seus reflexos e destes para as árvores.
Podemos escolher ficar com as árvores, com os reflexos ou com a intermitência entre os dois estados.
(in)visibilidades são momentos; mas são simultaneamente manifestações desfasadas no tempo, de realidades distintas mas inter-relacionadas. Tal como caminho é o nome que o infinito toma quando nos segreda o mistério, também a aragem e a superfície se combinam sem provocar distúrbio na possibilidade de descoberta do mistério.
Anabela Mota, 2011


No comments: