03/08/2015

A Sala de Ruth - Pedro Cabrita Reis


PEDRO CABRITA REIS (1954)
Gaveta, 2015

«Na sala de Ruth a gaveta do Pedro Cabrita (1955) excede-se, como sempre acontece nas suas obras. E ainda bem que é assim. A baba da tinta “aconteceu” naquela gaveta-mala-objeto incerto com um à-vontade de mestre. A trincha agarra a tinta na proporção certa, a mão de gesto controlado, cerca-se do suporte, e aparentando um só golpe, lento, preciso, duradouro no seu ápice, convocando todo um esforço da atenção daquilo que se entende por momento artístico, remata o movimento e a obra. A cor ilumina de súbito a textura da madeira. O objeto anterior é eleito obra de arte, convocado entre os demais. A finalização será pouco mais, um suporte ali, um puxador acolá, uma simetria, duas diagonais. Composição. Uma obra clássica no seu mais perfeito dinamismo». (Dora Iva Rita, 2015)

No comments: